Imagem1.png
  • Tati Barros

Deixar grãos de molho: por que e como fazer isto?



São várias as práticas que adotamos na cozinha de forma automática, que nem paramos para pensar o por que delas. Por exemplo: você sabe a razão de se deixar grãos de molho, antes de cozinhá-los? Se você acha que é apenas para que fiquem macios, está bem enganado.


Por que deixar grãos de molho?


O principal responsável por isso se chama ácido fítico. Também conhecida como fitato, essa substância presente na maioria das leguminosas é considerada um anti nutriente, uma vez que atrapalha a absorção das vitaminas e minerais. Além disso, ele causa problemas na digestão, como fermentação aumentada (gases e flatos) e impede a absorção do ferro pelo intestino.


Ao fazer a germinação, que é esse processo de deixar os grãos de molho, o fitato é eliminado e, assim, os alimentos podem ser consumidos sem riscos. E mais: esta etapa ainda estimula a produção de enzimas, que ajudam a melhorar a digestão e metabolização dos nutrientes.


Outra vantagem disso é que o processo de cozimento dos grãos fica muito mais rápido.


Por quanto tempo deve-se deixar os grãos de molho?


É importante se programar horas antes - ou até mesmo no dia anterior - quando for preparar grãos como feijão, lentilha, soja, ervilha e grão-de-bico. Isso porque o processo de germinação é longo e deve durar entre seis a doze horas.


A dica é: em um recipiente, coloque os grãos e cubra por completo com água. Se puder, vale ainda espremer um limão na água para facilitar a retirada do ácido. Mexa e então deixe descansar.


Passado esse tempo, despreze essa água, enxágue e cozinhe o feijão ou outro grão com uma nova água.


A partir disso, você pode preparar da forma que preferir, adicionando ainda os temperos naturais para deixar as receitas mais saborosas e saudáveis.


Gostou dessa dica? Continue nos acompanhando por aqui, que sempre trazemos informações, receitas e sugestões de saúde, alimentação e bem-estar!


16 visualizações0 comentário