Imagem1.png
  • Tati Barros

Para se alimentar melhor: 5 alimentos que são inimigos da vida saudável

Por: Clara Mariz



Nos últimos tempos, manter uma rotina tem sido bastante desafiador, quem dirá manter uma alimentação saudável todos os dias. Mas, mesmo com algumas dificuldades, é preciso ficar atento aos alimentos que consumimos. Afinal, nós somos aquilo que comemos, não é mesmo?!


Para se alimentar de maneira correta e sem riscos à saúde é preciso uma dieta com macros e micronutrientes. O grupo dos macronutrientes engloba os carboidratos, as gorduras e as proteínas. Já os micronutrientes são as vitaminas e minerais.


Uma boa dica é sempre levar marmitas e lanches de casa. Assim, fica fácil evitar aquelas comidas que são inimigas do nosso organismo, principalmente quando muito do que encontramos fora de casa são ricos em nutrientes, que, em excesso, fazem mal para o corpo.

Afinal quem são esses inimigos da vida saudável?

Para saber se a comida que você escolheu vai ser boa ou não para o seu organismo primeiro é preciso saber se ela faz parte do grupo dos ultraprocessados, ou seja, aqueles que são feitos na indústria e possuem adição exagerada de sal, açúcar, óleos e gorduras. Mas, para tirar todas as dúvidas, nós vamos listar aqui cinco alimentos que não valem a pena comer.

1 Sorvete de massa

Bem comum em todo lugar do Brasil, esse é aquele sorvete da infância de muita gente, com cores e sabores bem artificiais. Essas sobremesas industrializadas possuem concentrações de açúcares, gorduras trans e conservantes químicos altíssimos que são bastante prejudiciais ao organismo.

2 Pizza congelada


Diferente daquelas artesanais essas são vendidas em supermercados. Muitos adoram essas pizzas principalmente pela sua praticidade, mas os riscos do seu consumo não valem a pena o tempinho a mais. Isso porque essa versão do clássico italiano é repleta de sódio, conservantes e farinha branca, que são absorvidos mais rápido pelo organismo, o que faz com que a pessoa fique com fome mais depressa.

3 Batata frita


Mesmo as feitas em casa, as batatas fritas continuam sendo um perigo para a saúde, já que quando colocadas em altas temperaturas elas sofrem um processo chamado de glicação, ou seja, quando os açúcares e carboidratos se unem a uma proteína fazendo com que ela pare de desempenhar seu papel no organismo e se tornando tão prejudicial quanto os radicais livres.

4 Refrigerantes (comum e diet)


Essas bebidas gaseificadas tão consumidas ao redor do mundo são ricas em açúcar. Em 350ml, da famosa lata vermelha, encontramos 37 gramas de açúcar, mesmo nas versões de baixa caloria. De acordo com uma pesquisa feita pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, publicada em 2019 pela BBC Brasil, os refrigerantes aumentam o risco de problemas cardíacos e alguns tipos de câncer.


5 Salsicha


As versões mais comuns, dessa que é a estrela do cachorro quente, são encontradas em supermercados e são feitas à base de carnes processadas. Porém, para que ela se mantenha bem conservada são usados nitritos e nitratos, que ao passarem pelo estômago se transformam em nitrosaminas, um composto que tem forte ação cancerígena.


E se você ama esses alimentos, não precisa necessariamente cortar para sempre da sua vida. Equilíbrio é fundamental e o importante é, no dia a dia, manter uma alimentação saudável e o mais natural possível!

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo